Preciso ser digital… E agora?

Em Digital, Fullpack, Mercado, Publicidade

Pode parecer uma dúvida simples, mas em diversas reuniões que vou representando a empresa vejo uma interrogação na cabeça dos clientes sobre o que isso realmente significa. 

 E realmente parece… Mas não é. Explico o porque disso.

Se você trabalha com marketing e comunicação, principalmente, deve receber milhares informações sobre novas tendências do digital a cada novo dia. Milhares de novas termologias (que às vezes são só envelopamento para o que já fazemos), de novos softwares que prometem resultados incríveis por R$ 10,00 ao mês, de novas maneiras de veicular mídia e de necessidades que você não sabia que tinha até ontem, mas que hoje parecem ser fundamentais para o sucesso do seu negócio.

 Mas como devo realmente posicionar minha empresa nesse oceano de possibilidades?

 A velocidade com que as inovações estão acontecendo atualmente  acabam por confundir até as pessoas mais antenadas do mercado. No livro “ADEUS FACEBOOK”, Jack London aborda essa situação mostrando que, em ciclos de no máximo 3 anos atualmente, temos uma grande inovação tecnológica que rompe com todos os conceitos que conhecemos de comunicação. Basta ver a velocidade com que novos players de plataformas sociais como Snapchat, Instagram, e outros aparecem (e desaparecem).

 Com um leque cada vez maior de caminhos, trago aqui pontos básicos que podem ajudar você a conhecer um pouco mais desse ambiente e iniciar seu posicionamento digital:

 1 – Analise sua empresa e a concorrência: Antes de qualquer movimento, monte um dashboard elencando todas as frentes que sua empresa já tem no ambiente digital. Isso é o ponto de partida para entender o seu cenário. Além disso, escolha 2 a 3 concorrentes diretos e faça o mesmo. Você vai criar de maneira visual, um comparativo e começar a entender como o mercado está se comportando.

 2 – Monte um bom briefing e determine aonde você quer chegar: Feita a análise inicial, monte um briefing contendo essas informações já levantadas. Enriqueça esse documento com dados do seu segmento e peculiaridades do seu serviço / produto. Esse é o momento de explicar com a máxima clareza possível quem você é. Com esse parecer montado, determine aonde você quer chegar. Lembre que metas quantitativas não são necessariamente a melhor opção. Do que adianta ter 100 mil seguidores no Instagram se eles não se engajam com sua comunicação? Hoje a palavra que rege a estratégia é qualidade e não quantidade.

3 – Escolha uma agência estratégica: Imergir sozinho nesse mundo digital não vai te apresentar nem 10% das possibilidades que o ambiente proporciona. Agências sérias possuem área de pesquisa e cases de sucesso. Aqui na Fullpack, por exemplo, estamos sempre recebendo informações das mais diferentes fontes, participando de workshops e cursos, fazendo reuniões com empresas de soluções tecnológicas e testando na prática o que realmente funciona ou não. Fazemos reuniões semanais com nossos colaboradores para compartilharmos internamente tendências do mercado. Trabalhar com um parceiro estratégico e especialista é a melhor opção para aproveitar as melhores opções do digital.

4 – Determine os canais onde irá atuar: Em conjunto com a agência, defina a estratégia e os canais de atuação. Seguindo a mesma lógica acima citada, talvez você não precise estar em todas as plataformas disponíveis do mercado somente por estar. Se comunicar em um canal sem “liga” com seu consumidor vai gerar um volume de trabalho grande e resultados baixos.

5 – Defina os KPI`s: Durante o planejamento da sua atuação, defina KPI`s para medir a eficácia dos esforços de comunicação digital. Seja muito claro em cada um desses indicadores. Eles vão te mostrar se a estratégia está assertiva ou não. Por estarmos no ambiente digital, a mudança de direção de uma estratégia tende a ocorrer de maneira mais rápida caso um problema seja detectado. Portanto, foque toda sua atenção nessa definição.

6 – Analise diariamente os dados e faça correções se necessário: O maior diferencial que o digital nos dá é a possibilidade de análise em real time de dados. Aproveite-se deles para entender se seus esforços de comunicação estão realmente dando resultados. Aqui na Fullpack, por exemplo, contamos com diversos softwares que fornecem desde dados quantitativos, até o sentimento das pessoas que são impactadas por nossa mensagem. Interpretamos esses dados, cruzamos com dados de outras plataformas nossas e cada vez mais conseguimos criar estratégias certeiras rentabilizando ainda mais o investimento de nossos clientes.

Acredito que, de maneira resumida, seguir os passos acima é o pontapé inicial para posicionar sua marca no ambiente digital.

Hoje em dia é necessário que sua presença na rede seja pensada da maneira mais estratégica possível.