Transmídia na Prática

Em Mídia, Publicidade

Com a maior usabilidade dos meios digitais, tempo de navegação e a presença onipresente do celular em nossas vidas, o meio on-line tem crescido no bolo de verbas destinadas à publicidade. Porém, o que é interessante observar é que os veículos nativamente online têm utilizado também as plataformas chamadas off-line para se comunicar com público.

O YouTube e Google tem marcado presença nas ruas com campanhas relevantes em OOH (divulgando YouTubers, uso do Google Translator nas olimpíadas e a atual campanha “Dá um Google”) assim como o Spotify, que está lançando uma campanha global com início no Brasil agora em dezembro. Apesar de ser uma campanha com presença digital, no plano está incluído investimento em mídia exterior em algumas das principais capitais do país.  A campanha faz uma retrospectiva de alguns momentos de destaque do ano, mostrando o comportamento dos fãs na plataforma através de dados inusitados e as músicas mais ouvidas em 2016. 

A partir dessas campanhas, o que podemos perceber, além da convergência cada vez mais sem fronteiras entre on e off em campanhas publicitárias, é que também está sendo feito um caminho inverso nesse ciclo de convergência, com uma mudança de estratégia de mídia não apenas por parte dos anunciantes tradicionalmente off-line migrando verbas para o on-line, como as plataformas e empresas nativas digitais migrando para as mídias chamadas off-line.

Assim, percebemos que o futuro da mídia não será pautado na dualidade on / off, mas cada vez mais na convergência da comunicação com campanhas transmídia.